Rua Padre Marchetti, 596 - Ipiranga, São Paulo - SP

(11) 2063-3955

provinciadobrasil@oblatos.com.br

Notícias › 21/05/2018

A santidade é uma vocação para todos, assegura o Papa Francisco

“A festa de hoje de Pentecostes, conclui o tempo pascal”, anunciou o Papa Francisco durante a oração do Regina Coeli neste domingo, 20 de maio. Em sua reflexão, o Santo Padre recordou que “a santidade não é um privilégio de poucos, mas uma vocação para todos”.

Esta solenidade “nos faz reviver a efusão do Espírito Santo sobre os Apóstolos e os outros discípulos, reunidos em oração com a Virgem Maria no Cenáculo. Naquele dia, começou a história da santidade cristã, porque o Espírito Santo é a fonte da santidade, que não é privilégio de poucos, mas vocação de todos”.

“Através do Batismo somos chamados a participar da mesma vida divina de Cristo e, através da Confirmação, a tornar-nos suas testemunhas no mundo”.

Nos textos bíblicos do Antigo Testamento, se pode ver como “através dos antigos profetas, o Senhor havia anunciado ao povo este seu projeto”. Todas estas profecias “se realizam em Jesus Cristo, mediador e garante da perene efusão do Espírito. E hoje é a festa da efusão do Espírito”.

“Desde aquele dia, e até o final dos tempos, esta santidade, cuja plenitude é Cristo, é doada a todos os que se abrem à ação do Espírito e se esforçam em ser dóceis a ele. É o Espírito que nos faz experimentar uma alegria muito grande”.

O Papa continuou assinalou que “o Espírito Santo que está em nós, abre o coração à esperança a favorecer o amadurecimento interior na relação com Deus e com o próximo”.

E como nos diz São Paulo: “O fruto do Espírito é amor, alegria, paz, magnanimidade, benevolência, bondade, fidelidade, mansidão e domínio de si”.

“Tudo isso faz o Espírito em nós. Por isso hoje festejamos essa riqueza que o Pai nos doa”, concluiu Francisco.

Por ACI Digital

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.