Rua Padre Marchetti, 596 - Ipiranga, São Paulo - SP

(11) 2063-3955

provinciadobrasil@oblatos.com.br

Notícias dos Oblatos › 31/08/2017

Pastoral Juvenil Nossa Senhora da Carrodilla

Em resposta ao pedido do Superior Provincial Pe. Antonio MARIANGELI, OMI, o grupo JOMI (Jovens Oblatos de Maria Imaculada) na Argentina, que nos enviou um longo relatório sobre suas diversas atividades missionárias, publicaremos a primeira parte deste relatório. Numa futura edição, publicaremos o restante do mesmo.

“Em princípio, o grupo começou com dois ou três jovens que começaram a seguir este caminho de conhecer o carisma, vivê-lo no cotidiano e, assim, se tornarem mais católicos e mais felizes no mundo convulsionado de hoje.

 No momento, somos um grupo de 14 jovens com “fome” deste modo de vida que nos propõe o carisma, estamos todos em diferentes espaços pastorais da mesma paróquia (catequese de confirmação, catequese familiar, grupo missionário, catequese especial, entre outros). Nos encontramos duas vezes por mês para compartilharmos aspectos comunitários e familiares do nosso trabalho nos respectivos grupos aos quais pertencemos, aspectos do nosso cotidiano, buscando sempre aprofundar nosso conhecimento do carisma oblato e sua grande riqueza para a juventude que nos rodeia, e para a qual nos sentimos verdadeiramente missionários.

 Muitas vezes, nossas reuniões são baseadas em documentos que nossos sacerdotes trazem para nós, documentos do último Capítulo Geral realizado em Roma e, às vezes, temos a presença de sacerdotes compartilhando conosco (Pe. Luis SABARRE, OMI, Pe. Basilio MALU, OMI, e agora também, na última reunião, nos visitou o Pe. María ORUÉ, OMI).

Entre as atividades mais relevantes que experimentamos como grupo, está nossa participação total no nono e subsequente banquete de nossa patrona Virgem da Carrodilla, preparando cartazes, organizando com o diácono a aparência da festa, colaborando nas celebrações diárias, apoiando e acompanhando em sua primeira experiência, o recém-chegado da República do Congo, Pe. Basilio Malu, OMI.

 Lembre-se também que, como grupo, participamos de duas missões até agora neste ano. Uma realizada em uma aldeia nos arredores da província de San Juan, Argentina, em janeiro, em que, seguindo o estilo da missão oblata do Pe. Oscar CARRICABURU, OMI, conseguimos pôr em prática o carisma que nos convidou a estar próximo dos pobres e pregar a Palavra com ousadia e criatividade. Tivemos 10 dias de celebrações da Palavra, orações do rosário e procissões próximas aos vizinhos da cidade. Recentemente, vivemos uma missão batismal, proposta pelo Pe. José María RIEGA, OMI, nas favelas da nossa área paroquial, compartilhando com os mais pobres a maneira pela qual todos vivemos nossas vidas como filhos de Deus batizados, como vivemos nossa fé no cotidiano e promovendo o encontro pessoal com Cristo dentro de nós, como fonte de paz e felicidade em um mundo tão difícil como o presente.

 Mais tarde, para o dia do nosso Fundador Santo Eugênio, organizamos uma vigília na paróquia e convidamos todos os jovens que queriam conhecer o carisma. Preparamo-nos para o dia do fundador antes de falar sobre os aspectos mais importantes da congregação e do carisma, tendo em mente, que a maioria dos que participariam não sabiam disso. Em seguida, compartilhamos vídeos e testemunhos de missionários que conseguiram exemplificar como é, ser um missionário de Jesus, no estilo oblato e depois acabaram compartilhando com os missionários, com quem hoje contamos em nossa paróquia. Mais uma vez, conseguimos nos enriquecer com o testemunho missionário de Pe. Luis Sabarre, OMI. No dia seguinte, assistimos com um grupo, as celebrações patronais da capela Santo Eugênio. Participamos da procissão e da partilha em massa com os leigos de todas as idades”.

(Para continuar….)

Fonte: http://www.omiworld.org

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.