Rua Padre Marchetti, 596 - Ipiranga, São Paulo - SP

(11) 2063-3955

provinciadobrasil@oblatos.com.br

JUPIC › 29/06/2020

Folhetim 29 de junho 2020

OBLATOS DE MARIA IMACULADA

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, PAZ E INTEGRIDADE DA CRIAÇÃO

“O passado não é aquilo que passa, mas aquilo que fica do que passou”
Alceu Amoroso Lima

BRASIL 1 – Rubens Ricupero

O embaixador morou por 47 anos em cidades como Roma, Genebra e Washington. Representou o país na Organização Mundial da Saúde durante anos. É dele a seguinte avaliação: “Nossa elite é pouco educada. Senão, você não explicaria o apoio ao Bolsonaro na classe média alta. É uma elite que tem dinheiro, mas é muito, muito ignorante”.

BRASIL 2 – Rubens Ricupero

É sua a avaliação de que a elite brasileira é muito provinciana. Estudos do Banco Mundial mostram que a média de escolaridade da elite brasileira é uma das mais baixas do mundo. Uma proporção altíssima entre ela tem apenas dez anos de escolaridade ou menos. O que somos é pouco educados mesmo.

BRASIL 3 – Rubens Ricupero

Com frequência ele volta a ler a Divina Comédia, de Dante Alighieri em italiano medieval, o que é difícil até para os italianos modernos… Diz ele que normalmente para de ler para meditar ao chegar à seção do “Purgatório”; eventualmente medita também sobre a seção “Paraíso”…

BRASIL 4

A chamada “geração 1870” é avaliada como sendo uma das mais brilhantes geração de intelectuais que o país já teve. Sua contribuição: (1) laicização do Estado; (2) republica federativa; (3) abolição da escravatura; (4) fim dos cargos públicos vitalícios; (5) descentralização administrativa; (6) independência do judiciário; (7) expansão dos direitos civis e políticos; (8) política externa americanista.

BRASIL 5

É dela a definição dos principais problemas da formação sócio-política do país. (1) escravidão – (2) latifúndio – (3) monocultura. Essa geração, entretanto, passou 25 anos debatendo esses problemas para chegar à abolição da escravatura, à proclamação da República e exilar a família imperial… Passou o mesmo tempo debatendo outros problemas para dar fim à 1ª República e instalar Getúlio Vargas no poder. E levou 15 anos para sacar o mesmo Vargas do poder.

BRASIL 6 – RUI BARBOSA

“Quem é o povo brasileiro? Aquele caboclo agachado e cujo voto era trocado por uma cachaça ou rolo de fumo; ou aquele senhor da elite que lia em francês, fumava cigarros e ia a teatros e operas italianas?” Pe. Cicero fundou
uma comunidade com mais de 40 mil em Juazeiro do Ceará. Teve três seguidores principais; os “beatos” fundaram comunidades radicais e acabaram massacrados pela República.

BRASIL 7 – Missionários do progresso

Pereira Passos: prefeito e reformador do Rio de Janeiro; Osvaldo Cruz: saneador da cidade; Artur Neiva e Belisário
Pena: saneadores do sertão; Marechal Rondon: precursor da Funai. Todos eram autoritários e tecnocráticos. O povo, para eles, era uma massa inerte e analfabeta a ser tratada, corrigida e civilizada. Eram messias leigos. Quem são os messias de hoje? A “geração 2020” construirá um país diferente? A que geração pertencemos? A vida é feita de dúvidas; só os ignorantes sabem tudo” – (Tostão, jogador de futebol).

O que mudou ? O que você acha ?

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.